Bolsas, Descontos ou Financiamentos

Bolsas

O Programa Universidade para Todos – Prouni tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas. Criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, em 13 de janeiro de 2005 oferece, em contrapartida, isenção de tributos àquelas instituições que aderem ao Programa.


Dirigido aos estudantes egressos do Ensino Médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos, o Prouni conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo. Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem conjugando-se, desse modo, inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.

O Programa possui também ações conjuntas de incentivo à permanência dos estudantes nas instituições, como a Bolsa Permanência e ainda o Fundo de Financiamento Estudantil – Fies, que possibilita ao bolsista parcial financiar parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

A ATOPP Brasil Faculdade de Negócios está credenciada ao ProUni – Programa Universidade para Todos. Para o 1º semestre de 2019. 

Arquivos pra Download

Inscrições PROUNI 2019

As inscrições Prouni 2019 estão chegando e você que pretende concorrer a uma bolsa para sua graduação deve estar ciente dos critérios exigidos pelo programa. Confira:

  • Pode se inscrever o candidato que tenha participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano imediatamente anterior e que tenha obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas das provas do Exame e nota acima de zero na redação.
  • Ter cursado o Ensino Médio completo em escola pública ou em escola privada com bolsa integral da instituição.

Se você atende aos requisitos que o programa exige, já poderá entrar no processo das inscrições ProUni 2019.

As inscrições dos candidatos ao ProUni serão realizadas exclusivamente pela Internet.

Inscreva-se no site http://prounialuno.mec.gov.br/ utilizando seu número de inscrição e senha do Enem do ano anterior.

Após o período de inscrição, o Prouni classifica os estudantes de acordo com suas opções escolhidas na ficha de inscrição e as notas do Enem.

São realizadas duas chamadas.

Após selecionado, o candidato deve entregar a documentação necessária na ATOPP Brasil Faculdade de Negócios.

Inscreva-se no site http://prounialuno.mec.gov.br/ utilizando seu número de inscrição e senha do Enem do ano anterior.

Após o período de inscrição, o Prouni classifica os estudantes de acordo com suas opções escolhidas na ficha de inscrição e as notas do Enem.

São realizadas duas chamadas.

Após selecionado, o candidato deve entregar a documentação necessária na ATOPP Brasil Faculdade de Negócios.

A ATOPP Brasil Faculdade de Negócios valoriza uma formação acadêmica de qualidade, priorizando um ensino completo em que a teoria e a prática sejam fundamentais na vida acadêmica de nossos alunos. Pensando nisso, lançou o Programa de Bolsas NOTA 10 para o processo seletivo 2019.1. Com ele, alunos com notas superiores de 650 a 700 pontos no ENEM podem ganhar bolsa de até 100%, durante todo o curso.

  • Candidatos com rendimento superior a 700 pontos no ENEM, podem concorrer ao processo seletivo para 04 bolsas integrais durante todo o curso.
  • Candidatos com rendimento entre 650 e 700 pontos no ENEM, podem concorrer ao processo seletivo de 10 bolsas parciais de 70% durante todo o curso.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas até o dia 3 de fevereiro. O resultado será no dia 4 de fevereiro.

Descontos

É um desconto concedido aos estudantes, que tenham concluído a sua graduação em outra IES.

Este desconto deverá ser solicitado pelo estudante no semestre letivo de ingresso e se concedido aplicar-se-á para todas as mensalidades do curso, exceto nas matrículas e rematrículas (janeiro e junho).

  • O desconto é de 30% e não é cumulativo com nenhum outro desconto, bolsa, parcelamento ou financiamento. Para manutenção do desconto o estudante não pode ter mais de duas reprovações durante o curso.

Os candidatos que ingressarem na ATOPP Brasil Faculdade de Negócios, transferidos de outra IES, estarão isentos da primeira mensalidade e da taxa de análise do aproveitamento de estudo.

Convênios

A ATOPP Brasil Faculdade de Negócios firmou convênios com empresas para disponibilizar descontos aos estudantes vinculados a ATOPP Brasil Faculdade de Negócios. São descontos especiais para os cursos de graduação, extensivos aos dependentes legais dos colaboradores da empresa conveniada.

Financiamentos

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC), instituído pela Lei nº 10.260 de julho de 2001, que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de educação superior não gratuitas aderentes ao programa.


O novo FIES é um modelo de financiamento estudantil moderno, que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato. O novo FIES traz melhorias na gestão do fundo, dando sustentabilidade financeira ao programa a fim de garantir a sustentabilidade do programa e viabilizar um acesso mais amplo ao ensino superior.

O que mudou?

O novo FIES tem, agora, como pilares a ampliação do acesso ao ensino superior, a maior transparência para os estudantes e para a sociedade, e a melhoria na governança e na sustentabilidade do Fundo. O novo FIES está dividido em três diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.

Na primeira modalidade, o novo FIES ofertará vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda, fazendo com que os encargos a serem pagos pelos estudantes diminuam consideravelmente.

As outras duas modalidades de financiamento são para estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Elas funcionarão com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

Como funciona?

O novo FIES entrará em vigor no primeiro semestre de 2018, sendo que, para poder concorrer a uma vaga, o candidato deverá cumprir por antecipação os seguintes requisitos: ter feito uma das edições do ENEM a partir de 2010, ter média igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a redação, porém, com a nova regra, os descontos das prestações do financiamento serão feitos assim que o aluno terminar a faculdade e no valor máximo de 10% da renda mensal.

A primeira modalidade do novo FIES é sem juros e destinado somente para alunos com renda per capita familiar de 3 (três) salários mínimos. O começa a pagar as prestações com parcelas de no máximo de 10% da renda mensal. A previsão é de oferecer 100 mil vagas para 2018.

Já a segunda opção do novo FIES, a taxa de juros é de 3% e destinado para alunos com renda familiar per capita de até 5 salários mínimos. Serão 150 mil vagas em 2018 para a Região Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O terceiro modelo do novo FIES é em parceria com as empresas privadas que já oferecem financiamento estudantil no país. Voltado para estudantes com renda familiar per capita de até 5 salários mínimos. A previsão é de ofertar 60 mil vagas.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no site do FIES Seleção. Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar as informações da sua inscrição e, posteriormente, a contratação do financiamento.

Quem vai poder participar do fies 2018

O FIES 2018 conta com uma grande novidade: a ampliação da renda familiar para participar. Se até o segundo semestre de 2017 era necessário ter renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa, agora o limite foi ampliado para até cinco salários mínimos por pessoa.

  • Ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero);
  • Possuir renda familiar mensal bruta per capita de: a) até 3 (três) salários mínimos, na modalidade de financiamento do Fies; b) até 5 (cinco) salários mínimos, na modalidade de financiamento do P-Fies.

Não pode concorrer ao FIES quem já tenha usado o benefício antes ou que não esteja em dia com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC) do Governo Federal.

O financiamento é obtido por meio de processo seletivo. Quem tiver a maior nota do Enem tem mais chances de ser aprovado!

Legislação:

Legislação: O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), instituído pela Lei nº 10.260 de 12 de julho de 2001, foi reformulado pela Medida Provisória nº 785, de 6 de julho de 2017.

  • Medida Provisória nº 785, de 6 de Julho de 2017.
  • Decreto de 19 de Setembro de 2017
  • Lei nº 13.530 de 07 de dezembro de 2017
  • Portaria nº 1504 do MEC, que institui o Comitê Gestor do Fies
  • Legislação do programa vigente entre 2010 e 2017
  • Portaria Normativa nº 25, de 28 de dezembro de 2017
  • Edital nº 2, de 11 de janeiro de 2018
  • Resolução nº11 de 13 de janeiro de 2018

FINATOPP

Durante o período regular dos estudos, o aluno de graduação em curso presencial pagará 50% da mensalidade. Obedecida a matriz curricular. O pagamento dos outros 50% será feita após a conclusão do curso e o estudante terá o mesmo tempo estudado (4 anos) para efetuar a quitação. O valor contratado será atualizado pelos percentuais aplicados, acumuladamente, pela ATOPP Brasil Faculdade de Negócios, para o reajuste das mensalidades do curso frequentado pelo(a) beneficiário(a), até o mês do efetivo pagamento de cada parcela, conforme regulamento e contrato.